Portuguese – A Brief History

O português é uma língua românica, cujas raízes traçavam de volta ao latim falado por celtas romanizados nas regiões de Galiza (Espanha) e norte de Portugal, há mais de dois mil anos. saúde

Começou como Proto-português, um blend de uma linguagem portuguesa distinta intercalada com frases latinas. Operating system primeiros registros desta forma da information da linguagem já tão distantes como o Século IX.

Durante o primeiro período de Português Antigo (12º a séculos), o português passou a ser a língua oficial da poesia na Península Ibérica, e seu uso foi generalizado. Esta foi promovida pela independência do reino de Portugal, em 1143, e a fundação da primeira universidade portuguesa, em Lisboa, em 1290, por Rei Dinis. Foi então decretado que a “Língua Vulgar” seria, a partir de então, chamada de português, a língua oficial do reino de Portugal.

No segundo período do Velho Português, entre o 14º e o 16º séculos, a língua portuguesa viajou com os Grandes Discoverers em todo o mundo. Até o last deste período, o português period a língua oficial de todas as iniciativas comerciais e comerciais tanto na Ásia como na África. Adicionalmente, a sua utilização em esforços missionários juntamente com casamentos mistos entre os portugueses e os locais promovem ainda mais o uso geral da língua. Várias línguas crioulas também se basearam em português, em toda a África e na Ásia. Inversamente, os Descobrimentos permitiram que o português fosse influenciado pelas línguas que encontrou em todo o mundo. Ganhou muitas palavras da América do Sul e do Japão. Ao longo de ambos os períodos, o Velho Português também foi altamente influenciado pelo árabe, durante as invasões mooristas da Península Ibérica. Muitas das palavras que adotou então ainda são uma parte integrante do português Moderno.

Operating system primeiros beats de Português Moderno caracterizavam-se por uma expansão no vocabulário com an aquisição de palavras do latim clássico e grego. Recentemente, o português tem adotado palavras de outras línguas europeias, como o espanhol, o italiano, o francês e o inglês.

Atualmente, o português classificou a sexta língua mais falada no mundo, com um all out de 210 milhões de falantes nativos. Trata-se da língua oficial em Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné Bissau, Moçambique, Portugal e São Tomé e Príncipe, e uma das línguas oficiais em Macau, Guiné Equatorial e Timor-Leste. É regulado pelo Instituto Internacional de Língua Portuguesa.

De acordo com an UNESCO, o português é a língua com o potencial de crescimento mais rápido como língua internacional tanto na África Austral como na América do Sul.

O português é uma linguagem pluricêntrica, com dois grupos principais de dialetos, os do Brasil e os do Velho Mundo. As diferenças entre os dialetos residem principalmente no sotaque e no vocabulário, mas algumas diferenças gramaticais podem também ser encontradas em formas coloquiais de dialetos brasileiros. Operating system creolos baseados em português permanecem como entidades separadas, sendo línguas totalmente independentes.

Desde o seu estabelecimento, a língua portuguesa tem sido vinculada à literatura. Das canções dos trovadores no IX Século, ao épico nacional português por Luis de Camões, e mais recentemente, o altamente renomado Fernando Pessoa e ganhador do Prêmio Nobel José Saramago, esta linguagem descritiva, fortemente emocional, inspirou artistas de todas as décadas. No entanto, é talvez através das vozes melancólicas de cantores de Fado que o português exerceu o maior impacto sobre outras nações, nos últimos beats. Vozes como Carlos do Carmo, a grande diva Amália Rodrigues e Mariza, mestraram milhões em todo o mundo. Algumas das multidões mais entusiásticas residem no Reino Unido e no Japão. Se nos primeiros dias as expedições marítimas passaram sobre essa maravilhosa língua para o mundo, hoje em dia, o poder de Fado parece estar fazendo o mesmo. O próprio português orgulhar-se da palavra “saudade”, uma palavra que não reivindicam outra língua possível. ‘Saudade’ é efetivamente o grande tema de Fado, que encontra sua inspiração nos Descobrimentos, e canta a tristeza e dos que, de pé no porto, viram seus entes queridos partir para encarar águas desconhecidas e revelar um novo mundo. ‘Saudade’ é um sentimento profundo e avassalador de faltar alguém, altamente acusado de emoções como perda, incerteza, esperança e wistfulness.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *